top of page
Buscar
  • Willy Hagi

As chances do próximo El Niño

A saga da La Niña continua e, até agora, não há nada de muito novo pelo Oceano Pacífico. O El Niño-Oscilação Sul (ENOS) ainda se mantém de forma consistente em estado de La Niña e deve se manter como tal ao menos durante o primeiro trimestre de 2023. Por outro lado, já é possível ver sinais de enfraquecimento e os indicadores parecem apontar que este enfim será o terceiro e último verão dessa sequência que começou lá no segundo semestre de 2020.


A última atualização do Índice Niño 3.4, localizado bem no centro de ação do ENOS no Pacífico tropical, mostra o resfriamento de -0,89 °C abaixo da média histórica em Dezembro de 2022.


Em outros termos, a La Niña atualmente está dentro do limiar de intensidade fraca e vem se enfraquecendo de forma constante desde o último mês de Setembro. Diante desse cenário, surgem as inevitáveis questões: é o fim? O próximo El Niño vem aí? Até aqui, tudo indica que estamos muito próximos de finalmente encerrar esse longo ciclo.



A previsão oficial mais recente do Climate Prediction Center (CPC), ilustrada no gráfico abaixo, indica exatas 80% de chances de retorno para condições de neutralidade do ENOS a partir do trimestre de Fevereiro a Abril. Ou seja, o fim da La Niña parece estar cada vez mais próximo no horizonte climático.


Como tudo o que é bom dura pouco, a neutralidade parece que não vai tardar a dar lugar aos sinais de aquecimento típicos de um El Niño a partir do segundo semestre do ano. As chances do próximo El Niño, de acordo com as previsões mais recentes até o momento, podem começar a superar a neutralidade apenas a partir do trimestre de Junho a Agosto.


É importante lembrar que estamos lidando com um fenômeno muito complexo que depende de alguns fatores importantes, que vão desde a intensidade até tipos diferentes de ENOS. De qualquer maneira, os seus próximos passos vão ser acompanhados de perto pelos principais institutos de monitoramento climático e pelos setores da economia que dependem diretamente dos humores do Oceano Pacífico, como a agricultura e energias.




bottom of page